Pesquisa:
  QUEM SOMOS
  ARTIGOS
  CÓDIGO DE ÉTICA
  CONEXÕES DE INTERESSE
  CURSO PRESENCIAL
  ENTREVISTAS
  ESTUDO DE CASO
  ÉTICA E NEGÓCIOS
  MONOGRAFIAS
  NOTÍCIAS
  SALA DE LEITURA
  TESTE DE ÉTICA

      ENTREVISTAS


 Loly Siqueira*
 
Site - O que é o Camp e como ele  funciona?

Loly Siqueira - O CAMP SBC CENTRO DE FORMAÇÃO E INTEGRAÇÃO SOCIAL DE S. B. DO CAMPO , situado à Rua Suécia, n.º 500 - Bairro Assunção/SBC, tem finalidade Social e Educativa, sem distinção de sexo, cor, raça, credo religioso, sem filiação político partidária e sem fins lucrativos. Fundado em S.B.C no dia 19 de julho de 1972 pelo Rotary Club SBC com a denominação CIRCULO DE AMIGOS DO MENINO PATRULHEIRO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO. Administrado voluntariamente desde a sua fundação por associados dos Rotary’s Clubes de São Bernardo do Campo.

Conforme disposição estatutária o CAMP- SBC tem atuação filantrópica e desde a sua fundação visa a Promoção Humana, atendendo a adolescentes de baixa renda de ambos os sexos, com a finalidade de integrá-los socialmente. Essa integração se dá em face da dinamização dessa filosofia, com bases na: Educação, Saúde, Recreação, Trabalho e Esporte. Todo o trabalho realizado no CAMP SBC acontece firmando sempre a integração progressiva do adolescente com a sua família, seus valores e com a sociedade em geral.

Através da Educação integrada o adolescente desenvolve e adquire conhecimentos necessários para a sua formação pessoal, social e profissional. Numa segunda etapa iniciará o trabalho prático em Empresas Parceiras.

Desde a sua fundação, o CAMP-SBC já preparou e encaminhou cerca de 18.000 (dezoito mil) adolescentes; atuando em empresas da região e assim contribuindo para o crescimento pessoal, profissional e para a consciência e exercício da cidadania.

Site - Quais são e como foram escolhidos os valores e princípios do Camp e de que modo foram divulgados?

Missão
Resgatar e promover a cidadania de adolescentes de baixa renda, oferecendo apoio educacional e psicossocial, preparando-os para o mercado de trabalho.
Valores e Princípios
Adequação às necessidades do mercado e interesses sociais da comunidade, além da garantia da qualidade e implementação do desenvolvimento das ações da organização com os seguintes valores:

• Igualdade
• Responsabilidade
• Parceria Mútua
• Comprometimento
• Democracia
• Equidade

Visão de Futuro
Conquistar o reconhecimento como organização social que atua dentro das condições sociais, que atendam os requisitos legais e normativos nacionais e internacionais, expandindo suas ações com implantação de postos avançados em outras regiões, contribuindo para a transformação social e causando impacto em suas áreas de atuação
Os valores foram escolhidos mediante as demandas sociais dos bairros que nos cercam. 

Site - Qual o papel dos jovens aprendizes no trabalho desenvolvido pelo Camp?

Loly Siqueira - È de vivenciar as práticas profissionais, formar caráter,  constituir sonhos, saber de seus direitos de cidadão. O primeiro passo para isso é inseri-los no Mundo do Trabalho. O jovem deve estar atento à estas demandas. Este é seu papel.
 
Site - Qual a motivação para os jovens desenvolverem suas atividades durante o período de aprendizagem?

Loly Siqueira - A de mudar de vida, ter a possibilidade de pensar o amanhã. A falta de oportunidade social é um fator que rouba isto de nossos jovens. Quando criamos a utopia de um mundo melhor a motivação aparece.
 
Site - O que mais surpreende os professores ao examinarem os resultados dos trabalhos dos jovens?

Loly Siqueira - Um jovem que teria todos os  motivos do mundo para entrar no submundo do crime, se submeter a ganhar um salário mínimo e ser um cidadão honesto. Ter a dignidade de construir sonhos, e de mudar as estatísticas.
 
Site - Em que consiste o projeto radiografia e como os jovens contribuem para o seu desenvolvimento?

Loly Siqueira - È um projeto de educomunicação que permite a vivencia na área jornalística e de comunicação para jovens da comunidade. Eles multiplicam em seus bairros o aprendizado, montam jornais e rádios nas escolas públicas. A idéia é democratizar a informação. “ conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.

Site - Tive a oportunidade de conhecer alguns aprendizes do CampSBC atuando no 5º Benchmarking Ambiental Brasileiro, que revelaram grande entusiasmo pelo trabalho de cobertura do evento. Qual a expectativa do Camp em relação aos aprendizes?

Loly Siqueira - A de desenvolver o potencial humano que tem dentro de cada um.
 
Site - Pode citar alguns exemplos de jovens que, capacitados pelo Camp se integraram no mercado de trabalho?

Loly Siqueira - A secretária da diretoria da Scania, advogados de sucesso que estão na OAB de SP, empresários de vários ramos. Jovens que ingressaram na universidade etc.
 
Site - Qual a estratégia do Camp para ajudar os jovens a enfrentarem a concorrência no mercado de trabalho?

Loly Siqueira - Especializar-se e apaixonar-se pelo seu ofício é o grande segredo. Hoje em dia a informação aliado com um caráter ético profissional faz a diferença.
 
Site - Que conselhos você oferece para os profissionais que trabalham com os jovens aprendizes?

Loly Siqueira - A vida é muito mais que o mercado de trabalho, jovem não é bobo, eles sabem o que querem, sejam sinceros com eles e os jovens serão com vocês. A melhor metodologia para ensinar jovens é a de mostrar o caminho. Mostrar  caminho é fazê-lo parte da história, é torná-lo protagonista de uma história. E não ficar fazendo discursos evasivos, e querendo ensinar matemática. Ensina para eles o que é a vida.


Loly Siqueira - Jornalista, especializado em comunicação: empresarial e Cultural.Atualmente, está como Gerente de Desenvolvimento Social da ONG CAMP SBC, na qual coordena projetos de comunicação e projetos sócios-educativos.

5/12/2007


[Versão para impressão] [Enviar para um amigo]



 
Untitled